30/04/2011

Cadeira extensora, rotação interna e externa do quadril.

,


    Existem certas dúvidas sobre o fato de que a rotação interna e externa do quadril no movimento de extensão do joelho seja eficiente.
A maior dúvida é quanto ao fato de que a extensão com rotação interna (com os dedos do pé direito direcionados para os dedos do pé esquerdo como fossem se tocar de frente) auxiliaria na maior ativação do músculo vasto lateral (parte lateral de fora da coxa).
 E a rotação externa (com os dedos dos pés voltados para fora, lados opostos) melhoraria a contração do vasto medial (parte lateral interna da coxa).
Segue logo abaixo os resultados realizados em testes eletromiográficos por LIMA & PINTO (2006).

Extensão + rotação interna:
Vasto lateral: 4,2mV
Vasto medial: 2,2mV

Extensão + rotação externa:
Vasto lateral: 4,1mV
Vasto medial: 2,3mV

Como se vê, os números que descrevem em milivolts a ação elétrica dos músculos envolvidos no exercício não foram de significativa diferença quando à execução foi feita com rotação interna ou externa do quadril, sendo descartável a ação quando a intenção é dar mais ênfase aos músculos vasto lateral e vasto medial da coxa.

“As rotações externa e interna do quadril são equivocadamente utilizadas para alterar a ativação dos vastos medial e lateral, devido à impossibilidade de realizar as rotações externa e interna do joelho com este em extensão. Isso fica evidenciado na medida em que esse movimento não altera a função dos vastos medial e lateral no que se refere aos aspectos mecânico e fisiológico”. LIMA & PINTO (2006).
 

Lucas Oliveira - Personal Trainer Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger